Fórum Cifras - Índice do Fórum
FAQFAQ PesquisarPesquisar MembrosMembros GruposGrupos RegistrarRegistrar  
PerfilPerfil Entrar e ver Mensagens ParticularesEntrar e ver Mensagens Particulares EntrarEntrar 

Voz de peito; Voz de cabeça; Falsete; Whistle
Ir à página 1, 2, 3  Próximo
 
Novo Tópico   Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder    Fórum Cifras - Índice do Fórum -> Canto & Voz
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
Anonimuzz



Registrado em: Quinta-Feira, 26 de Julho de 2007
Mensagens: 106

MensagemEnviada: Seg Nov 05, 2007 12:40 am    Assunto: Voz de peito; Voz de cabeça; Falsete; Whistle Responder com Citação

Como isso está adormecido e além disso, há muita gente com as mesmas dúvidas, resolvi juntar aqui o resultado de umas pesquisas para ajudar a galera. Vou começar por tentar explicar muito basicamente os termos que viram no título do tópico: voz de peito, voz de cabeça, falsete e whistle register, ou registo de flauta/assobio, ou registo sobreagudo ou tudo o resto que quiserem chamar. Portanto.....

VOZ DE PEITO: É o tipo de voz que usamos normalmente para falar. No canto, corresponde ao nosso registro grave, ou seja, é com a voz de peito que atingimos as notas mais graves da nossa extensão vocal. Os homens têm mais facilidade em cantar com a voz de peito do que as mulheres, mas ambos a têm.

VOZ DE CABEÇA: É usada normalmente para atingir tons mais agudos, que não se alcançam ou se alcançam com mais dificuldade na voz de peito. É uma voz naturalmente mais suave que a de peito, mas pode ser encorpada. Quando tanto a voz de cabeça como a de peito estão bem trabalhadas, podem formar uma espécie de registro central, intermédio que, se também for bem trabalhado, torna-se uma espécie de elo de ligação entre a voz de cabeça e a de peito, unindo toda a extensão vocal de um cantor, ou grande parte dela. As mulheres têm mais facilidade em cantar com a voz de cabeça do que os homens, mas ambos a têm. (Se isso vos ajuda a entender melhor, pensem num coro de vozes femininas; costuma ser usada a voz de cabeça neles)

FALSETE: Muitos consideram o falsete equivalente à voz de cabeça, mas tem-se vindo a concordar que são coisas diferentes. Enquanto uma nota produzida na voz de cabeça é bem clara ou limpa, uma nota produzida com o falsete é como que "soprada", porque no uso do falsete, há uma grande quantidade de ar a passar pelas cordas vocais, que não se "fecham" devidamente. Além disso, é bem mais trabalhoso encorpar o falsete e uni-lo aos outros registros vocais, se bem que os contratenores (um tipo de cantores líricos que trabalha muito o falsete), com o seu treinamento muito específico, conseguem alcançar tudo isso. Os homens usam o falsete mais que as mulheres, mas ambos o têm.

WHISTLE REGISTER (ou, em português, registro de flauta/assobio ou registro sobreagudo): É o registro mais agudo que pode ser alcançado pela voz, e também o menos compreendido. Alguns dizem que todos podem alcançar este registro se tiverem o devido treino vocal, mas a grande maioria por enquanto concorda que não é assim tão acessível, pelo contrário. Homens e mulheres podem atingir este registro, que se atinge a partir do momento em que se canta qualquer nota acima de C6 (não sei que notação é aqui usada, mas acho que é a americana). Alguns cantores usam muito este registro, como a Mariah Carey e até mesmo a Georgia Brown, que detém o recorde mundial do Guiness pela nota mais aguda alguma vez atingida por um humano. O recorde do Guiness pela nota mais aguda de um homem pertence a Adam Lopez.

-------------------------

Bem, isso está muito simples para todos poderem entender. Provavelmente me esqueci de mencionar algumas coisas, e por isso gostava que completassem as informações que aqui deixei, se necessário. Amanhã vou ver se encontro demonstrações desses registros, mas talvez seja mais fácil gravá-las eu, ou algum de voces quer faze-las? Lembro que isso resulta de breves pesquisas que já tenho feito, não é propriamente fruto da minha própria sabedoria! Espero ter sido útil... É o que dá falta de sono, pfff.


Editado pela última vez por Anonimuzz em Dom Dez 09, 2007 3:37 pm, num total de 1 vez
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
ryden
Super Moderadora
Super Moderadora


Registrado em: Sexta-Feira, 28 de Julho de 2006
Mensagens: 1667
Localização: SP

MensagemEnviada: Seg Nov 05, 2007 2:31 pm    Assunto: Ajudando com mais coisa sobre canto e voz Responder com Citação

1. Timbre Arrow É a identidade de cada instrumento (ou voz), e depende da séria harmônica de cada som emitido.

2. Potência Arrow É a quantidade de volume que cada voz tem.

3. Extensão vocal Arrow É a "distância" entre a nota mais grave do registro de cada um da nota mais aguda desse mesmo registro.

4. Drive Arrow É a vibração caótica das pregas vocais FALSAS, que provoca uma ressonância a mais na emissão de uma nota, que "briga" com a ressonância principal da nota emitida.

5. Gutural Arrow São registros graves adicionados de muito Drive.

6. Falsete Arrow É uma conformidade diferentes das pregas vocais VERDADEIRAS, na qual a coaptação das mesmas é feita de forma diferente d emissão natural.

7. Voz de cabeça Arrow É a colocação da voz em que a ressonância principal está na base do crânio; é uma colocação diferente do falsete e da fala.

8. Classificação vocal Arrow É uma classificaçãi simples, baseada na tessitura (que é baseada na estensão vocal) de cada um

9. Impostação da voz Arrow É uma série de fatores (incluindo apoio, tônus muscular do apoio, colocação da voz, relaxamento dá musculatura extrínseca à laringe, rebaixamento de laringe, abertura de costelas inter-costais, etc...) que é tida como a ideal para se emitir a voz cantada.

10. Vocalizes Arrow São exercícios que visam o desenvolvimento da voz cantada.

11. Vibrato Arrow É a modulação rápida da nota alvo, em intervalos menores ou iguais a um semitom (às vezes, pode ser mais que 1 semitom, depende do objtivo do vibrato).

12. Voz de peito Arrow É uma colocação em que a ressonância principal é a torácica; a colocação é exatamente igual à da voz de cabeça (com a diferença da ressonância), mas é diferente da fala.

13.Melisma Arrow são "floreios" que um(a) cantor(a) usa para colorir as frases; numa determinada melodia (que o cantor deve executar), usam-se notas da tonalidade em que se encotra a melodia (em momentos não marcados na pauta) para enriquecer o fraseado.

14.Glissando Arrow é a chegada em uma nota; pode ser ascendente ou descendente; ao invés de se atacar a nota alvo diretamente (parece conversa de atirador de elite....), chega-se nela partindo de uma nota mais baixa ou mais alta.

15.Sopranino Arrow esse eu não tenho certeza, mas se for o que penso, é uma classificação igual à de Soprano Coloratura, ou seja, é uma soprano de voz leve e ágil, que faz Melismas (item 13.) durante determinada parte da música.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Anonimuzz



Registrado em: Quinta-Feira, 26 de Julho de 2007
Mensagens: 106

MensagemEnviada: Seg Nov 05, 2007 5:36 pm    Assunto: Responder com Citação

Boa, P!atd! Acho que também se consideram sopraninos as crianças que ainda não passaram pela mudança de voz, que nas garotas é em média de uma terça e nos garotos de uma oitava.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
ryden
Super Moderadora
Super Moderadora


Registrado em: Sexta-Feira, 28 de Julho de 2006
Mensagens: 1667
Localização: SP

MensagemEnviada: Seg Nov 05, 2007 7:10 pm    Assunto: Dicas Vocais Responder com Citação

DICAS VOCAIS

“A voz é o espelho da alma” é uma frase que nunca foi tão precisa como nos tempos massificantes atuais, nos quais a indústria da moda e o culto obsessivo ao corpo reduzem o ser humano à “mera” aparência.

Ela é o nosso meio de comunicação mais vivo e imediato. Podemos “tocar” uma pessoa à distância com a nossa voz. Esse “toque” pode ser suave e delicado, firme, seguro, doce, áspero, agressivo, entre outras. Várias são as classificações sensitivas que empregamos ao tentar descrever o efeito que uma voz nos causa.

Problemas de voz afetam a vida pessoal, social e, sobretudo, a profissional. Qualquer alteração pode ser motivo de ansiedade e angústia. A saúde vocal preventiva, de aperfeiçoamento ou de reabilitação, faz parte, hoje, de vários programas de capacitação de profissionais de ensino, rádio, vídeo, televisão e, mais recentemente, de telefone – os operadores de telemarketing.
Aqui vão algumas dicas práticas que todo profissional que usa a sua voz como instrumento de trabalho pode seguir:

Arrow Beba bastante água enquanto estiver falando, em temperatura ambiente, de preferência em pequenos goles, beba no mínimo oito copos ao dia;
Arrow Lembre-se que falar seguidamente durante muito tempo pode levar a uma fadiga muscular; alternar assim períodos de explanação com outros recursos;
Arrow Cuide para que sua articulação seja bem clara, abra bem a boca ao falar. Pratique em casa falar movimentando os lábios exageradamente;
Arrow Caso for necessário o uso do quadro negro, evite movimentos bruscos e de limpeza do apagador, um pano ligeiramente úmido pode resolver esse problema;
Arrow Fique atento para os ruídos ambientais, tais como os de ventilador, retroprojetor ou projetor de slides, ou mesmo das conversas paralelas. Procurar não competir com o ruído externo e usar microfone se necessário;
Arrow Enquanto estiver falando, manter a postura do corpo ereta, no eixo, porém relaxada, principalmente a cabeça;
Arrow Use da gesticulação de maneira natural e espontânea, evite movimentos repetitivos que dispersam a atenção dos ouvintes;
Arrow Mantenha contato visual com toda a platéia quando for falar em público, nunca fale olhando para trás.
Arrow Lembre-se de que essas dicas são preventivas. Caso você apresente rouquidão, soprosidade ou perda de voz há mais de duas semanas, procure um Fonoaudiólogo para uma avaliação e orientação.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
david_il_divo



Registrado em: Segunda-Feira, 6 de Agosto de 2007
Mensagens: 165

MensagemEnviada: Sex Nov 16, 2007 5:42 pm    Assunto: Responder com Citação

Este tópico é mesmo útil. Há uma dúvida que se mantém na minha mente que é uma definição simples, mas não simplória de tessitura da voz (seiu que é o traço definidor da nossa voz, mas gostava de saber mais qualquer coisa Confused )
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Anonimuzz



Registrado em: Quinta-Feira, 26 de Julho de 2007
Mensagens: 106

MensagemEnviada: Sex Nov 16, 2007 10:36 pm    Assunto: Responder com Citação

Pelo que eu li, e mais uma vez repito que não são ideias minhas, a tessitura consiste numa zona em que alguém canta confortavelmente, sem esforço e na qual o seu timbre soa melhor. A extensão vocal consiste em todas as outras notas que embora não façam parte da tessitura, podem ser atingidas por essa pessoa. Um exemplo... Regra geral, a tessitura de um tenor é entre o Dó2 e o Dó4, mas a sua extensão vocal pode chegar até ao Ré5 ou assim. Mas enfim, não me parece que essa informação seja tão aprofundada ou até mesmo correcta como gostarias, david_il_divo Confused Depois vejo se encontro mais qualquer coisa.

Editado pela última vez por Anonimuzz em Dom Nov 18, 2007 1:08 pm, num total de 1 vez
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
ryden
Super Moderadora
Super Moderadora


Registrado em: Sexta-Feira, 28 de Julho de 2006
Mensagens: 1667
Localização: SP

MensagemEnviada: Dom Nov 18, 2007 11:21 am    Assunto: Responder com Citação

Na música, tessitura é a extensão de notas que um instrumento ou voz pode alcançar. Geralmente, pode ser definida pela nota mais baixa e a mais alta que o instrumento pode executar, ou também pelo número de oitavas.

A tessitura, em uma composição musical, geralmente usada para um vocal ou uma voz em particular, é a extensão em que as notas estão dispostas na música. Tessitura também pode se referir à parte em que uma voz, ou um instrumento musical, tem o timbre mais musicalmente aceitável e confortável.

Na notação musical, tessitura é a extensão das notas definidas por uma clave.


Fonte: Wikipedia
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
david_il_divo



Registrado em: Segunda-Feira, 6 de Agosto de 2007
Mensagens: 165

MensagemEnviada: Qui Nov 29, 2007 4:29 pm    Assunto: Responder com Citação

Obrigado.

Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Chris_Miyai



Registrado em: Quinta-Feira, 29 de Novembro de 2007
Mensagens: 44

MensagemEnviada: Sex Dez 07, 2007 2:31 pm    Assunto: Responder com Citação

"Ela é assim chamada porque o som ressoa sobretudo no peito"

"12. Voz de peito Arrow É uma colocação em que a ressonância principal é a torácica"

Gente, de onde vcs tiram essas bobagens? Voz ressoar no peito? Supondo que isso pudesse ser verdade, ela ressoaria nos pulmões?? Algumas coisas não carecem nem de conhecimento técnico, mas de bom senso!

As ressonâncias humanas começam na laringe de maneira bem sutil e ganham intensidade na cabeça, que é literalmente o amplificador da voz, falada ou cantada. Se fosse possível cortar a cabeça de um humano, mantendo as pregas vocais intactas, o que você ouviria seria apenas um zunido, bem baixo. Alias, existe uma experiência (meio assustadora, com cadáveres) a respeito disso em um vídeo meio comum a estudantes de canto lírico e medicina voltada a voz.

"Voz de peito" tem esse nome por motivos didáticos, em função das imagens mentais didáticas, que se usam no ensino e na aplicação do canto, pensando em emissão baixa, mais próxima 'mentalmente' do peito ou alta, mais próxima do topo da cabeça. A sensação de vibração no peito se dá pelas formantes mais graves do timbre e não por ressonância (!). A diferença entre os dois registro é meramente a cobertura, pois a produção do som é idêntica.

"Na música, tessitura é a extensão de notas que um instrumento ou voz pode alcançar"
No canto, extensão é limite do cantor, incluindo o registros de falsete e basal (gutural). Tessitura são as notas cantáveis e com brilho do cantor. Um cantor treinado pode ter até 4 oitavas de EXTENSÃO. Mas dificilmente vai ter mais do que 2 oitavas e uma terça (maior ou menor) de tessitura.

Sem querer ser chato, mas já sendo... Esse conhecimento acumulado por textos de internet é lixo puro. O estudo do canto, diferente de outros instrumentos como guitarra, por exemplo, envolve acima de tudo um conhecimento moderado de anatomia e por esse motivo, não existe nada consistente a respeito de técnicas vocais na internet. Nem mesmo fonoaudiologos se atrevem a postar exercícios, por mais básicos que sejam, sob pena de literalmente estragarem uma boa voz.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
juriscode
Administrador
Administrador


Registrado em: Quinta-Feira, 11 de Novembro de 2004
Mensagens: 8820
Localização: Iporã/PR

MensagemEnviada: Sex Dez 07, 2007 9:35 pm    Assunto: Responder com Citação

só não concordo que a mulher tenha falsete tbm. Uma vez que o falsete consiste em imitar o registro feminino.

Homem - falsete
Mulher - Impostação
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular Visitar a homepage do Usuário MSN Messenger
Chris_Miyai



Registrado em: Quinta-Feira, 29 de Novembro de 2007
Mensagens: 44

MensagemEnviada: Sáb Dez 08, 2007 1:11 am    Assunto: Responder com Citação

Também é uma questão anatômica. O corpo do homem e da mulher são idênticos em sua composição, se tratando de voz. Impostação é uma técnica, falsete é um registro. Tanto homens como mulheres tem falsete e ambos podem aprender a impostar a voz. Entretanto, muitos acham o falsete feminino feio, por conta das pregas vocais serem menores (nos homens, ela se desenvolve mais por conta dos hormônios masculinos. Era comum no século 18 castrar os garotos cantores para que esses não fizessem a muda vocal) e soar demasiadamente agudo, fraco e muito soproso.

Tecnicamente, o falsete consiste em não utilizar ou utilizar muito pouco as pregas vocais verdadeiras e mantê-las na posição || (paralelas e separadas, sendo que a posição natural é em V) para que o ar passe direto e o som seja emitido nas "falsas" pregas. O nome falsete vem daí e não pelo fato de ser "falsa voz feminina".

Utilizar falsetes em demasia (e sem técnica) é uma das principais causas da temida fenda vocal em cantores. As pregas verdadeiras acabam se acostumando a ficar na posição que eu citei acima (não se fecham precisamente, a voz escapa, quebra, principalmente na vogal I) e pra resolver isso, só com muita fonoterapia.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Anonimuzz



Registrado em: Quinta-Feira, 26 de Julho de 2007
Mensagens: 106

MensagemEnviada: Sáb Dez 08, 2007 3:54 pm    Assunto: Responder com Citação

Obrigado pela correcção, eu depois corrijo o primeiro post. A "ressonância" ali foi mal empregue Wink Mais alguma coisa? É que tal como disse, este topico serve simplesmente para ajudar a definir alguns termos, de maneira simples, e todos podem colaborar nisso, especialmente tu que és prof de canto. Isto não é nenhum guia para aprender a cantar, eheh.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Thomas Huskey
Luthier
Luthier


Registrado em: Sexta-Feira, 25 de Março de 2005
Mensagens: 3191

MensagemEnviada: Sáb Dez 08, 2007 7:58 pm    Assunto: Responder com Citação

Tem umas coisas sobre vocal que não entendi direito e gostaria que por favor explicassem denovo...

Não entendi oq é:

DRIVE

SOPRANINO

MELISMA

IMPOSTAÇÃO DA VOZ

======================
E não entendi pq o juriscode disse q a mulher não tem VOZ DE CABEÇA??
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Chris_Miyai



Registrado em: Quinta-Feira, 29 de Novembro de 2007
Mensagens: 44

MensagemEnviada: Dom Dez 09, 2007 4:32 am    Assunto: Responder com Citação

Vou pegar a lista que está ai acima e postar o que é correto. Nada pessoal, só não vou gastar tempo apagando nada nem escrevendo de novo. Algumas coisas, vou me abster de comentar com um (...), simplesmente por achar que não valem a pena.

--------------------------------------------------

1. Timbre - É a identidade de cada instrumento (ou voz), e depende da séria harmônica de cada som emitido.
R: Freqüência Fundamental da voz (F0)+ Formantes + Harmônicos + Subharmônicos + um monte de coisas.


2. Potência - É a quantidade de volume que cada voz tem.
(...)


3. Extensão vocal - É a "distância" entre a nota mais grave do registro de cada um da nota mais aguda desse mesmo registro.
R: Termo utilizado para a medição dos sons emitidos pelo cantor, SOMANDO todos os registros (Basal + Modal + Falsete + Whistle + Flute). É importante ressaltar que ter uma extensão de 4 oitavas, por exemplo, não significa que seja tudo cantável ou ainda que hajam TODAS as notas das 4 oitavas dentro da extensão. Um bom exemplo é a própria Mariah Carey, que atinge notas agudíssimas, mas possui um lapso de notas em algumas partes dos registros que ela usa.


4. Drive - É a vibração caótica das pregas vocais FALSAS, que provoca uma ressonância a mais na emissão de uma nota, que "briga" com a ressonância principal da nota emitida.
R: Não rola explicar, é complexo e perigoso. Mas não é isso que está acima. Em linhas gerais é uma deformação do som na laringe, mas com técnicas de minimização de esforços e de emissão mais alta, para que as ressonâncias amplifiquem também a deformação.


5. Gutural - São registros graves adicionados de muito Drive.
R: Minha nossa! Nada mais é do que o registro basal, adaptado ao canto. Não tem nada de drive e sim de FRY. No registro basal existe uma forte compressão medial subglótica (MC) e uma tensão longitudinal curta (LT, que é ligada a tonalidade, quanto maior mais agudo). Em resumo, muita compressão, deformação do som irregularmente (fry), e subharmônicos.


6. Falsete - É uma conformidade diferentes das pregas vocais VERDADEIRAS, na qual a coaptação das mesmas é feita de forma diferente d emissão natural.
R: Falsete nas pregas verdadeiras é ótimo. Acho que não precisa nem de explicação. Só vale dizer que há posicionamento em fenda glótica para emissão falsete. Portanto, cuidado.

7. Voz de cabeça - É a colocação da voz em que a ressonância principal está na base do crânio; é uma colocação diferente do falsete e da fala.
R: O que vem a ser 'base do crânio pra ressonância de voz'??? Voz de cabeça tem a mesma origem de qqr outro registro Modal, pregas vocais e ressonância idem - Cabeça. Voz de peito tem ressonância na CABEÇA! A diferença é que esse registro é caracterizado pela cobertura (que não rola explicar pela internet). Agudo sem cobertura, é voz gritada.


8. Classificação vocal - É uma classificaçãi simples, baseada na tessitura (que é baseada na estensão vocal) de cada um
(...)


9. Impostação da voz - É uma série de fatores (incluindo apoio, tônus muscular do apoio, colocação da voz, relaxamento dá musculatura extrínseca à laringe, rebaixamento de laringe, abertura de costelas inter-costais, etc...) que é tida como a ideal para se emitir a voz cantada.
R: Impostação pode significar duas coisas. No canto lírico, ela é utilizada como recurso de projeção. Utiliza-se um conjunto de esforços para ganhar um formante a mais na voz (região acerca de 3khz) para que o cantor possa se sobressair perante a orquestra. Evidentemente é muito util em notas mais graves. Pra fonoaudiologos tem o nome técnico de Formante do Cantor.
No canto popular, consiste em alterar a voz para “impostar”, normalmente para mais graves e acaba virando um recurso para ornamento (EX: Renato Russo). Já no cantor com técnica deficiente, ela serve como tentativa de enganar o ouvinte mais criterioso e infelizmente costuma impressionar o leigo. (EX: Rinaldo, da dupla Rinaldo & Liriel). É tosco, literalmente.


10. Vocalizes - São exercícios que visam o desenvolvimento da voz cantada.
R: Vocalise, com ‘S’ (lê-se Vocalíse). O verbo sim é com Z: Vocalizar (e não significa “fazer vocalises” :] )


11. Vibrato - É a modulação rápida da nota alvo, em intervalos menores ou iguais a um semitom (às vezes, pode ser mais que 1 semitom, depende do objtivo do vibrato).
R: Não pode ser muito rápida, sob a pena de perder o efeito dramático ao qual é utilizada e deve ser precisamente constante. A modulação ideal é feita na laringe, com as pregas vocais inicialmente relaxadas (ou não tensas) e utilizando a musculatura responsável pelo tensionamento das pregas vocais - e não utilizando o diafragma para alterar a compressão de ar.


12. Voz de peito - É uma colocação em que a ressonância principal é a torácica; a colocação é exatamente igual à da voz de cabeça (com a diferença da ressonância), mas é diferente da fala.
R: Basta ler o meu post anterior. Não existe ressonância toráxica.


13.Melisma - são "floreios" que um(a) cantor(a) usa para colorir as frases; numa determinada melodia (que o cantor deve executar), usam-se notas da tonalidade em que se encotra a melodia (em momentos não marcados na pauta) para enriquecer o fraseado.
R: Melismas são modulações para ornamentação das sustentações, normalmente. Os melismas seguem escalas e algumas interessantes para estudo são a persa e a árabe e no metal o evidente Dórico, porém com MUITA diferença pro tradicional melisma da música Soul.

14.Glissando - é a chegada em uma nota; pode ser ascendente ou descendente; ao invés de se atacar a nota alvo diretamente (parece conversa de atirador de elite....), chega-se nela partindo de uma nota mais baixa ou mais alta.
R: O nome correto é Glissoportamento. Quem sabe o que é Portamento já fica bem interado. Vale dizer que é um recurso de ornamento e só se torna defeito quando o cantor de apoio deficiente vicia em cantar assim.


15.Sopranino - esse eu não tenho certeza, mas se for o que penso, é uma classificação igual à de Soprano Coloratura, ou seja, é uma soprano de voz leve e ágil, que faz Melismas (item 13.) durante determinada parte da música.
(...)

Abraços.
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
ryden
Super Moderadora
Super Moderadora


Registrado em: Sexta-Feira, 28 de Julho de 2006
Mensagens: 1667
Localização: SP

MensagemEnviada: Dom Dez 09, 2007 11:34 am    Assunto: Responder com Citação

A única coisa que você fez foi colocar a sua própria opinião a respeito, coisa que nem precisava ser feito, porque da pra entender perfeitamento o que eu coloquei! E se alguém tivesse uma dúvida era só perguntar aqui que com certeza iriam responder. Cool
Voltar ao Topo
Ver o perfil de Usuários Enviar Mensagem Particular
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder    Fórum Cifras - Índice do Fórum -> Canto & Voz Todos os horários são GMT - 1 Hours
Ir à página 1, 2, 3  Próximo
Página 1 de 3

 
Ir para:  
Enviar Mensagens Novas: Proibído.
Responder Tópicos Proibído
Editar Mensagens: Proibído.
Excluir Mensagens: Permitido.
Votar em Enquetes: Proibído.


Powered by phpBB © 2001, 2012 phpBB Group